O som único de Bencjones, em "My Love"


O dia acaba, hoje, com um som único e poderoso, o do norte-americano Bencjones e do seu mais recente single, "My Love", que é também a canção que abre o novo álbum do artista, First They Get Your Money. "My Love" é uma canção cheia de ritmo e de saudades, uma canção que marca pela diferença e que me encheu de alegria assim que a ouvi a tocar pela primeira vez.




Bencjones tem qualquer coisa que me faz pensar no passado, sem nunca me tirar do sítio onde estou e sem em qualquer momento ser pastiche. Um sentimento parecido ao que eu sinto quando ouço Curtis Harding ou Gregory Porter, e que deve ter que ver com a fusão que Bencjones faz nas suas canções: uns pozinhos de rock misturados com qualquer coisa de soul music, mais uns sintetizadores e uma linha de bateria de blues. Depois acrescenta-se magia, e voilá!

Bencjones faz canções que marcam por terem todo um mundo dentro delas, e "My Love" é tudo isto e muito mais. É uma canção que me anima a alma, e isso vale por tudo o resto que eu possa dizer sobre ela. 
Palavra de Chavininha. 

Comentários

Phonograph Me on Instagram