Rock com sintetizadores, vozes fortes e melodias, eis "Let Me Go", das Dinosoul



O dia acaba hoje com as Dinosoul, um duo synth-rock de Pittsburgh, e com o seu mais recente single, este marcante "Let Me Go".



"Let Me Go" é uma canção muito marcada pelas suas vozes, apaixonadas, fortes e duras e ao mesmo tempo, de um lado baixas e estruturadas e de outro estridentes e agudas, que ajudam a marcar a harmonia e a melodia, ao mesmo tempo que as guitarras, fortes, se fundem com os sintetizadores harmoniosos numa linha melódica brilhante.

É uma canção cheia de ritmo e de intenção e marcadamente emocional, quer pelo contraste das vozes (de que eu já falei ali em cima) quer pela própria letra e pela historia que nos conta, que nos aparece maravilhosamente conjugada com as pausas e a força da melodia.

Entre a magia das vozes e os sintetizadores, a linha de percussão e as guitarras, "Let Me Go" é uma belíssima canção, e eu espero voltar a falar nas Dinosoul.

Palavra de Chavininha. 

Comentários

Phonograph Me on Instagram